DETERMINAÇÃO DO PERFIL DOS PACIENTES PORTADORES DE INSUFICIÊNCIA CARDÍACA (IC) EM UMA UNIDADE BÁSICA DE SAÚDE (UBS) DE MARINGÁ-PR

Autores

  • ABEL FELIPE FREITAG
  • MATEUS AFONSO MEROTTI
  • RILSON JOSÉ DO PINHO
  • SANDRA MARISA PELLOSO
  • JUVENAL EGGER NETO

Palavras-chave:

Perfil dos Pacientes, Insuficiência Cardíaca, Unidade Básica de Saúde

Resumo

O objetivo deste estudo foi determinar o perfil dos pacientes portadores de IC usuários de uma UBS, Maringá-PR. Realizou-se um estudo transversal, do tipo populacional, na UBS do município de Maringá, Paraná, cujos dados foram coletados a partir de prontuários eletrônicos de pacientes portadores de IC, disponibilizados pela própria Unidade no dia 5 de setembro de 2012. Foram selecionados 83 pacientes dentre eles 39 (46,99%) são do gênero masculino e 44 (53%) do gênero feminino. Para inclusão na pesquisa o paciente precisava fazer uso da droga digoxina ou constar no prontuário o diagnóstico de IC. Para os valores de frequência absoluta e relativa utilizou-se o programa Excel 2007 em que foram categorizados valores para o sexo masculino e feminino. Todas as informações obtidas foram mantidas em sigilo, assim como os dados pessoais de todos os sujeitos que assinaram o termo de consentimento livre e esclarecido. Para determinar o perfil dos usuários da UBS foram coletados os seguintes parâmetros: o nível pressórico, medidas antropométricas (peso, estatura e índice de massa corpórea), faixa etária e o gênero. As variáveis quantitativas foram apresentadas em forma de média, desvio padrão e gráficos com valores expressos em percentuais e/ou porcentagem de prevalência. A pesquisa mostra que 54,2% dos pacientes (n=45) encontram-se na faixa etária acima de 70 anos. A média de idade para os gêneros masculino e feminino foram 69,8±12,5 e 71,4±13,8, respectivamente. Enquanto o peso corporal foi semelhante para ambos os gêneros. As mulheres apresentam menor estatura (1,7±0,07mts para o gênero masculino e 1,5±0,04 para o gênero feminino), porém apresentam IMC (índice de massa corporal) mais elevado. Entretanto, os dados indicam que não há um padrão definido para os portadores de IC atendidos pelo SUS (Sistema Único de Saúde), pois existem fatores de risco que comprometem a evolução da doença.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Como Citar

FREITAG, A. F., MEROTTI, M. A., PINHO, R. J. D., PELLOSO, S. M., & NETO, J. E. (2013). DETERMINAÇÃO DO PERFIL DOS PACIENTES PORTADORES DE INSUFICIÊNCIA CARDÍACA (IC) EM UMA UNIDADE BÁSICA DE SAÚDE (UBS) DE MARINGÁ-PR. Fiep Bulletin - Online, 83(2). Recuperado de https://www.fiepbulletin.net/fiepbulletin/article/view/2723

Edição

Seção

TRABALHOS PUBLICADOS