ANÁLISE ERGONÔMICA UTILIZANDO A METODOLOGIA TOR-TOM EM UM FRIGORÍFICO

Autores

  • MANOELA GALAFASSI ARANTES
  • MASSAYUKI MÁRIO HARA
  • JUAN ALBERTO MONGELOS GIMENEZ
  • RODRIGO EDUARDO CATAI

Palavras-chave:

Análise Ergonômica do Trabalho, Frigoríficos, TOR-TOM.

Resumo

Um dos setores da indústria que vem ganhando destaque pelas precárias condições de trabalho e a falta de segurança aos trabalhadores é o setor dos frigoríficos. Este artigo tem como objetivo realizar uma Análise Ergonômica do Trabalho (AET) através da metodologia TOR-TOM em vários setores de um frigorífico de pequeno porte, assim como comparar os tempos encontrados para recuperação de fadiga determinados através do método com os valores de pausas para descanso estipulados pela NR 36. Para tanto foram feitas várias visitas aos setores analisados e foi aplicado um check list com base na NR 17 e NR 36 com o intuito de verificar alguns dos itens que o frigorífico precisaria se adequar de acordo com os quesitos das Normas. Os resultados mostraram que o frigorífico deve se adequar urgentemente as Normas (17 e 36) tanto para proporcionar melhores condições de trabalho, quanto para evitar multas e até mesmo o fechamento do estabelecimento. Concluiu-se que as atividades desenvolvidas nos setores considerados mais críticos do frigorífico de pequeno porte apresentavam grandes problemas ergonômicos.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Como Citar

ARANTES, M. G., HARA, M. M., GIMENEZ, J. A. M., & CATAI, R. E. (2016). ANÁLISE ERGONÔMICA UTILIZANDO A METODOLOGIA TOR-TOM EM UM FRIGORÍFICO. Fiep Bulletin - Online, 86(1). Recuperado de https://www.fiepbulletin.net/fiepbulletin/article/view/86.a1.80

Edição

Seção

TRABALHOS PUBLICADOS