ANÁLISE ERGONÔMICA DE PROFESSORES EM SALAS DE AULA DO ENSINO MÉDIO DE UM COLÉGIO ESTADUAL NO SUL DO BRASIL

Autores

  • RODRIGO ALEXSSANDRO SAKAI
  • ALINE SIAS FRANCHINI
  • THAYS PEREIRA SILVEIRA
  • MASSAYUKI MARIO HARA
  • RODRIGO EDUARDO CATAI

Palavras-chave:

Análise Ergonômica do Trabalho, Professores, LER, DORT.

Resumo


Esta pesquisa aborda um estudo de caso realizado em um colégio estadual no sul do Brasil, cujo objetivo foi realizar uma análise ergonômica e das condições de trabalho de professores do ensino médio. Por meio da aplicação do questionário e análise da atividade, detectou-se que as maiores queixas com relação às dores são referentes à região cervical (pescoço e coluna cervical) e membros superiores (ombros, braços e mãos) seguido da coluna lombar. A atividade de professor propicia a aparição destas queixas devido ao trabalho repetitivo, aplicações de força, movimentos de torção de tronco e ritmo acelerado de trabalho. O estudo concluiu que a atividade de professor, por suas características operacionais, organizacionais, contribui significativamente para o desenvolvimento de distúrbios osteomusculares e de saúde ocupacional nestes profissionais.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Como Citar

SAKAI, R. A., FRANCHINI, A. S., SILVEIRA, T. P., HARA, M. M., & CATAI, R. E. (2016). ANÁLISE ERGONÔMICA DE PROFESSORES EM SALAS DE AULA DO ENSINO MÉDIO DE UM COLÉGIO ESTADUAL NO SUL DO BRASIL. Fiep Bulletin - Online, 86(1). Recuperado de https://www.fiepbulletin.net/fiepbulletin/article/view/86.a1.76

Edição

Seção

TRABALHOS PUBLICADOS