A IMPORTÂNCIA DA AULAS DE EDUCAÇÃO FÍSICA NO PROCESSO DE INCLUSÃO ESCOLAR PARA OS PORTADORES DE SÍNDROME DE DOWN.

Autores

  • JAUNILSON FRANCISCO DA CRUZ
  • LUCIANA EL-BAINY CORREA

Palavras-chave:

Inclusão, Síndrome de down, Educação física Escolar.

Resumo


O objetivo deste trabalho é verificar a importância das aulas de educação física escolar como instrumento de inclusão escolar para os portadores de Síndrome de Donw. A Síndrome de Down é decorrente de uma alteração genética ocorrida durante ou imediatamente após a concepção. A alteração genética se caracteriza pela presença a mais do autossomo 21, ou seja, ao invés do indivíduo apresentar dois cromossomos 21, possui três. A está alteração denominamos trissomia simples. O trabalho transcorre nas causas da síndrome, no desenvolvimento, os benefícios da educação física no processo de inclusão, nos problemas enfrentados por esse público, e o temido “preconceito”. O objetivo deste trabalho é promover uma visão crítica em relação à inclusão dos portadores de síndrome de Down nas aulas de educação física. A pesquisa enfoca a importância da compreensão de todos para que o trabalho de inclusão transcorra de maneira simples e satisfatória. São apresentadas algumas sugestões ao professor-educador, sobretudo aquele ainda incipiente, para que possam melhor assistir as essas pessoas com deficiências, portadoras de síndrome de Down.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Como Citar

CRUZ, J. F. D., & CORREA, L. E.-B. (2015). A IMPORTÂNCIA DA AULAS DE EDUCAÇÃO FÍSICA NO PROCESSO DE INCLUSÃO ESCOLAR PARA OS PORTADORES DE SÍNDROME DE DOWN. Fiep Bulletin - Online, 76(1). Recuperado de https://www.fiepbulletin.net/fiepbulletin/article/view/5163

Edição

Seção

TRABALHOS PUBLICADOS