UM OLHAR SOBRE O TRABALHO DA PESCA PARA BRASILEIROS E PORTUGUESES

Autores

  • ANTONIA OLIVEIRA SILVA
  • MARIA ADELAIDE SILVA PAREDES MOREIRA
  • CLÉLIA SIMPSON LOBATO

Palavras-chave:

Representações Sociais, Trabalho da Pesca, Saúde

Resumo

A organização social do trabalho envolve além dos espaços físicos, institucionais, culturais, laborais/práticos, as interações dos sujeitos entre si, estando diretamente relacionada com o ambiente e com as condições onde o mesmo é realizado. Trata-se de um estudo exploratorio comparativo composto de 74 pescadores adultos, sendo: 33 portugueses e 44 brasileiros, de ambos os sexos, com escolaridade diferenciada, de sem escolaridade a segundo grau completo. Como instrumento, utilizou-se uma entrevista semi-estruturada, a técnica de evocação livre de palavras (palavras indutoras: trabalho da pesca e saúde), e a observação assistemática. Os resultados mostram que os brasileiros e portugueses representam de modo diferente seu trabalho: «pesca» e «perigo, sacrifício e sobrevivência», respectivamente. Tais sentidos podem denotar certo conformismo, corroborado pela observação onde se apreendeu uma situação de moradia e de vida precárias, sem lazer, com um índice de alcoolismo bastante elevado.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Como Citar

SILVA, A. O., MOREIRA, M. A. S. P., & LOBATO, C. S. (2013). UM OLHAR SOBRE O TRABALHO DA PESCA PARA BRASILEIROS E PORTUGUESES. Fiep Bulletin - Online, 79(1). Recuperado de https://www.fiepbulletin.net/fiepbulletin/article/view/3167

Edição

Seção

TRABALHOS PUBLICADOS