HIPERANDROGENISMO E TUMOR VIRILIZANTE DE OVÁRIO

Autores

  • Thaliny Batista Sarmento de Oliveira
  • Rogéria Máximo de Lâvor
  • Thaisy Sarmento Batista de Oliveira

Palavras-chave:

Hiperandrogenismo, Hirsutismo, Neoplasias Ovarianas

Resumo

Os tumores ovarianos secretores de androgênios são condições patológicas relativamente raras que cursam com sintomatologia clássica de hirsutismo de início súbito e progressão rápida, além de outros aspectos de virilização importantes. Quando se fala em síndromes hiperandrogênicas de surgimento rápido, sempre se pensa nos tumores ovarianos secretores de androgênios, apesar destas condições representarem apenas 10% da incidência em relação a outros tipos de tumores ovarianos. Contudo, não se pode descartar outras patologias que expressam seu quadro clínico através de um aumento da produção e/ou da atividade biológica dos hormônios masculinizantes. Dessa forma, os sinais de virilização estão presentes quando há aumento acentuado na taxa de produção de testosterona que, em geral, mas não obrigatoriamente, é acompanhada de elevação correspondente nas concentrações séricas do hormônio. Tal quadro é característico das neoplasias funcionantes do ovário e adrenal e da hipertecose de ovário, podendo ocorrer também na forma clássica de hiperplasia adrenal congênita. Através de um relato de caso foram abordadas as principais características concernentes às síndromes hiperandrogênicas e ao hirsutismo, evidenciando aspectos fundamentais da investigação diagnóstica, bem como os principais diagnósticos diferenciais com especial destaque para o tumor virilizante de ovário.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Como Citar

de Oliveira, T. B. S., de Lâvor, R. M., & de Oliveira, T. S. B. (2012). HIPERANDROGENISMO E TUMOR VIRILIZANTE DE OVÁRIO. Fiep Bulletin - Online, 82(1). Recuperado de https://www.fiepbulletin.net/fiepbulletin/article/view/2262

Edição

Seção

TRABALHOS PUBLICADOS