UMA AVALIAÇÃO DO PERFIL RESPIRATÓRIO DE CRIANÇAS COM SÍNDROME DE DOWN

Autores

  • Cristhiane Sousa Soares Borges
  • Ariella Alves Britto
  • Ivandra Mari Roieski
  • Eliana Farencena
  • Heron Beresford

Palavras-chave:

Avaliação, perfil respiratório, síndrome de Down

Resumo

A síndrome de Down, por se apresentar como uma cromossomopatia caracterizada pela presença adicional de um cromossomo no par 21 provoca um desequilibro nas funções das células do corpo humano, fazendo com que os indivíduos com esta alteração apresentem comprometimento em seu sistema orgânico e, assim, maior suscetibilidade a algumas doenças. Diante dessa problemática, nesta pesquisa, na qual foi utilizado o método de uma avaliação de contexto, se teve como objetivo desenvolver uma avaliação acerca do perfil respiratório de crianças de 4 a 10 anos, com síndrome de Down, residentes na cidade de Gurupi/TO. O projeto desta pesquisa foi submetido ao Comitê de Ética em Pesquisa envolvendo Seres Humanos da Universidade Castelo Branco (Rio Janeiro/Brasil) e aprovado sob protocolo nº 0167/2008, tendo a coleta de dados se dado conforme a resolução 196/96. Os resultados evidenciaram que o grupo apresenta, predominantemente, a respiração bucal. Pelo Teste t, de significância, comprovou-se estatisticamente o perfil bucal de tais indivíduos. Concluiu-se que estas sofrem redução da força da musculatura facial em função da hipotonia que lhes é própria, o que lhes dificulta manter uma respiração nasal adequada. Desta forma, aumentam os riscos de infecções respiratórias que podem levá-las a óbito, o que torna imprescindível uma intervenção fisioterapêutica para reabilitar a força e a função do sistema muscular, em particular dos segmentos envolvidos na respiração.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Como Citar

Borges, C. S. S., Britto, A. A., Roieski, I. M., Farencena, E., & Beresford, H. (2011). UMA AVALIAÇÃO DO PERFIL RESPIRATÓRIO DE CRIANÇAS COM SÍNDROME DE DOWN. Fiep Bulletin - Online, 80(2). Recuperado de https://www.fiepbulletin.net/fiepbulletin/article/view/2111

Edição

Seção

TRABALHOS PUBLICADOS