A CAPOEIRA NO PROCESSO DE INCLUSÃO SOCIAL

JOSÉ CARLOS OLIVEIRA CAVALCANTE, LEANDRO RIBEIRO PALHARES

Resumo


A capoeira pode favorecer a aquisição de valores culturais e educacionais, criticamente contextualizados, promovendo a inclusão social através do movimento, da arte e da música. Desta forma, o presente estudo sugere que a capoeira, enquanto manifestação cultural popular brasileira seja disseminada pelas universidades através de projetos de extensão universitária. Uma dessas iniciativas, que teve por objetivo a inclusão social de crianças por meio da capoeira, atendeu em dois anos e meio cerca de 200 crianças, jovens e adultos de um bairro carente de Rio Branco (AC). Dentre as ações do projeto foram realizadas periodicamente aulas práticas, aulas teóricas, oficinas e palestras. O resultado mais expressivo foi o de crianças e jovens que deixaram de ser usuários de drogas lícitas e ilícitas. Assim, a capoeira mostrou-se como possibilidade não-formal de educação, promovendo a inclusão social.

Palavras-chave


Capoeira; Inclusão Social; Cultura



Texto completo: PDF


Facebook Twitter LinkedIn

Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado sob uma Licença Creative Commons Attribution 3.0 .

FIEP BULLETIN.

ISSN-0256-6419 – Impresso

ISSN 2412-2688 - Eletrônico

Fédération Internationale d’Education Physique - FIEP
fiepbulletin.net © 2007 - 2015.