LESÕES DA ARTICULAÇÃO DO JOELHO OCORRIDAS NA PRÁTICA DO FUTEBOL RECREACIONAL NO MUNICÍPIO DE SANTARÉM DO PARÁ

Marco José Mendonça de Souza, Eliana da Silva Coelho, Pedro Odimar dos Santos, Ronivaldo Lameira Dias, José Fernandes Filho

Resumo


Este estudo é retrospectivo e caracteriza-se como uma pesquisa descritiva e inferencial com a utilização do qui-quadrado para se estabelecer uma correlação. Seu objetivo foi fazer o levantamento das prevalências das lesões da articulação do joelho através da utilização de métodos como questionário, anmenese e o exame de ressonância magnética e após esses dados correlacionar com o tempo de prática nesta modalidade. A amostra foi constituída de 30 praticantes com idade 20 a 45 anos , e que sofreram a lesão no período de 01 de janeiro de 2006 a 30 de dezembro de 2008. Os resultados encontrados demonstram que 83,33% das lesões ocorridas são de ligamento cruzado anterior associada ao menisco medial, 16,67 % de todas as lesões associações. Conclui-se que quanto menor tempo de pratica maior incidência de lesão, tendo como correlação do p< 0,0001.

Palavras-chave


Joelho; futebol; ressonância magnética



Texto completo: PDF


Facebook Twitter LinkedIn

Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado sob uma Licença Creative Commons Attribution 3.0 .

FIEP BULLETIN.

ISSN-0256-6419 – Impresso

ISSN 2412-2688 - Eletrônico

Fédération Internationale d’Education Physique - FIEP
fiepbulletin.net © 2007 - 2015.